INFORMAÇÕES TÉCNICAS


O QUE É IMPERMEABILIZAÇÃO ?

É o ato ou o efeito de selar, colmatar e vedar os materiais porosos e as falhas de materiais, sejam elas motivadas por momentos estruturais ou por deficiências técnicas de preparo e de execução.

Colmatar - colmatam-se ou selam-se poros e trincas quando os materiais impermeáveis estão no estado líquido ou pastoso, em forma de suspensão aquosa ou solução à base de solventes.

Vedar - vedam-se ninhos, furos ou fendas com materiais impermeáveis à base de pós de cura rápida, ou com estes pós misturados a aditivos que combatem as bolhas de ar formadas pela água, no momento em que são misturados os materiais (cimento, areia, brita e água), tornando-os coesos e impermeáveis e ainda plastificando ou acelerando a cura dos materiais aglomerados. Vedam-se também com intercalação de membranas (mantas) impermeáveis entre a base e os acabamentos rígidos.

POR QUE IMPERMEABILIZAR ?

Partindo do princípio de que as estruturas de concreto armado e os materiais rígidos aplicados nas construções civis e em obras públicas são dimensionados para suportar movimentos ou abalos sísmicos, e que a dinâmica desses movimentos é hipotética, e de acordo ainda com o meio-ambiente onde estão essas obras, pois elas sofrem mutações decorrentes da ação atmosférica: ABALOS - TEMPERATURA - UMIDADE RELATIVA - CHUVA - VENTO E CALOR - RAIOS SOLARES, etc., faz-se necessário proteger as construções, desses fenômenos da natureza, evitando sua destruição e o desconforto para o usuário. Por conseguinte, é necessário impermeabilizar, isolar e revestir as obras de engenharia.

 

 

 

ONDE DEVE SE APLICAR AS IMPERMEABILIZAÇÕES ?

· Subsolos, muros de arrimo e cortinas.

· Lajes internas de cozinhas , banheiros, áreas de serviços.

· Jardineiras, churrasquriras e espelhos d´água.

· Lajes superiores e pisos das casas de máquinas.

· Lajes permanentes e rodapés das coberturas.

· Caixas d’água, cisternas e poço dos elevadores.

· Piscinas, saunas, spas, duchas e áreas gourmet.

· Calhas e paramentos

· Banheiras e box dos banhos.

· Terraços e paramentos, varandas e marquises.

· Pilotis e play ground.

· Tabuleiros de viadutos, pontes, calhas e canaletas.

Com a Revest é assim: Água mole em pedra dura, nunca passa, jamais fura !

 

LAGES DE COBERTURAS E PISOS


SEQUÊNCIAS DE EXECUÇÃO

 

1 - Colagem da manta

2 - Colagem da sobreposição

3 - Bisoteamento da sobreposição

4 - Teste de estanqueidade

5 - Isolamento térmico

6 - Colocação da malha "Telcom"

7 - Proteção mecânica

8 - Concretagem do piso definitivo